Arquivo mensais:dezembro 2014

Minha primeira vez – com um Lunette

Olá meninas,

Tudo bom com vocês? Estou aqui para escrever como foi para mim a primeira experiência usando um Lunette. Primeiramente, deixem-me contar como eu descobri sobre o coletor. Eu encontrei um panfleto falando sobre o Lunette em um banheiro da faculdade e achei o conceito interessante, mas um pouco diferente. Falei com algumas amigas e descobri uma que já utilizava e ela me recomendou veementemente. Bom, comprei um e começou a história.

O primeiro uso foi definitivamente uma experiência memorável. Depois de fazer todas as preparações necessárias, esterilizar o coletor, ler o “manual”, etc., eu finalmente consegui inseri-lo. Realmente a primeira vez não foi fácil, como eu não conhecia todas as maneiras de dobrar o coletor e diminuir seu tamanho para inserir. Esta foi a primeira forma que utilizei de dobra para inserir o coletor:

Método de dobrar o coletor no formato "C".

Método de dobrar o coletor no formato “C”.

Com sorte, descobri outras formas e, para mim, a “punch-down” é a melhor maneira. Caso vocês queiram dar uma olhada em como dobrar, segue um vídeo:

9 maneiras de dobrar o coletor Lunette

Beleza, coloquei o coletor! Agora, como posso fazer para tirar?! A minha principal dificuldade definitivamente não foi colocar, e sim tirar!!! Eu honestamente achei que o meu corpo havia sugado o coletor para algum lugar que eu não conseguia encontrar… Foi neste momento que descobri que eu tenho um colo do útero bastante alto, ótimo momento não?! Por isso o coletor tinha espaço para passear lá dentro. Apesar deste detalhe, eu nunca tive problemas com vazamentos ou desconforto ao utilizar o Lunette. Ótimo, mas o que fazer quando você está com um coletor menstrual preso dentro de você??? Eu não queria ir ao ginecologista para pedir para que o coletor fosse retirado. Bom, por mais louco que pareça, a solução é relaxar.

“Ah tá, vou relaxar com o coletor perdido dentro de mim? Sim, esta é a solução”.

Acreditem, eu sei o quão difícil pode ser relaxar nesta situação, mas realmente ajuda respirar fundo e deitar por um tempo. Outra possibilidade é tentar usar os seus músculos internos para empurrar o coletor para fora. Dessa maneira você conseguirá encontrar e alcançar a antena do coletor para encontra-lo. Então, basta apertar um pouco a base para quebrar o vácuo gerado e depois retirar o coletor.

Para mim esta primeira experiência de utilizar um coletor menstrual foi um pouco traumatizante. Depois disso fiquei alguns meses sem usar o coletor, mas decidi tentar novamente, afinal eu não podia retornar o produto usado e tinha pago um bom dinheiro por ele. Quando tentei novamente, uns 6 meses depois, foi uma experiência completamente diferente. Hoje, 7 anos depois, eu não trocaria o coletor por nenhuma alternativa disponível. Realmente a prática leva à perfeição. Por isso, eu recomendo que mesmo com um pouco de dificuldades, não desista!

Lembrem-se vocês podem sempre entrar em contato conosco com perguntas ou comentários. Estamos aqui por vocês, para vocês.

Beijos e tenham uma ótima semana.
-Doris